quinta-feira, 9 de julho de 2009

Só mais uma -



Pão & Circo –

Téo Malvine –

. Para o findar da loucura, para a retomada do controle nos presenteiam com o controle remoto. Pra que nos sintamos os donos da situação, para nos tornar telespectadores de nós mesmos, de nossa própria ignorância defronte à caixinha mágica.

. Para que não tenhamos afins e eles se tornem enfim donos de mim, donos de nós. Para desatar os nós de nossa fortaleza é que os donos do mundo fingem nos fortalecer.

. Para não os questionar, para que não nos afirmemos e nos sintamos pequenos perto de tamanha gentileza que é tomar conta de tudo enquanto nos distraímos, enquanto nos auto traímos, enquanto nos divertimos vendo o circo pegar fogo por entre o televisor, esperando o melhor da programação.

. Para alimentar o mercado, para alimentar empresários, para nos tornarmos macacos anti-evolução diante da televisão... até o breve momento em que me vem o homem do tempo anunciar mais um sábado de sol e avisar pra eu apanhar meu guarda-sol pra me livrar do estresse e aliviar a tensão, meu psiquiatra recomendou.

6 comentários:

drika disse...

Qualquer um é capaz de dar seu parecer sobre algo.

Seguindo essa afirmação...
Adorei esse texto, retrata muito bem o que aconteceu e o que acontece até hoje.
Queria ter esse dom, a escrita é algo magnífico e você consegue fazê - la muitissimo bem, vou parar por aqui pra não escrever mais clichês...
Beijos

- Samyle Lindsay - disse...

Concordo com tudo :)

Heitor Cardoso disse...

Finalmente.

safira disse...

puta merda!! bom demais!! definição perfeita e ironica (amoo) do que é a midia, de quem tá por trás, e de como o ser humano se sente em relação a ela!!

- Samyle Lindsay - disse...

Respondendo:

Pensei em colocar, mas tu já ia se achar demais :D

Heitor Cardoso disse...

Nao. Definir ou remediar? Escolha a sua. Salve antes aqui, depois corra pra lá.