sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Só mais uma -

Não faz mal –

Téo Malvine -

. Eu não entendo esse teu medo, insegurança de falar. Entre as verdades que eu digo, peço pra não te importar com minha ferida e se ainda sinto a infecção que nela há.

. Se não der pé, não faz mal, eu ainda vou te encontrar pra falar das coisas como elas são, te mostrar a vida como ela é, te estender minha mão, se por ventura não quiser, não faz mal.

. E quando eu disse: _Ainda é cedo. Já não havia o que pensar, inexistia um bom motivo pra insistir na bobagem de tentar te convencer, de tentar me encontrar.

. Mas se tanto fez, tanto faz os beijos que ainda vou beijar por beijar, amores que ainda vou sentir por sentir, paixões que ainda vão passar feito um furacão, e se por acaso for você, não faz mal.

Um comentário:

Nane & disse...

caraca..esse tá muito bacanaaa...
muito gay..mas tá lindo!!
hauahuahauhau
brincando!!
tá bom como sempre!!
;)