quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Só mais uma -

Em Dois Mil & Vinte & Nove -

Téo Malvine -

. Quer saber amigo, nem tudo mudou. As boas músicas ainda são as mesmas de anos atrás.
. Anda, vem comigo, eu vou ti mostrar, dá pra sentir o cheiro dos discos antigos e do vinho no bar.

. Ainda há esperança e vestígios de fumaça no ar daquele cigarro barato e imundo que costumávamos fumar.
. Olha, ainda me resta um pouco da inspiração que os amores levaram de mim. Se me arranjar caneta, papel e um violão, ainda dá pra arriscar riscar alguns versos no verso de uma folha qualquer. E aquela velha viola amigo, você ainda sabe tocar!

Um comentário:

nayane disse...

eh neh, mais uma vez eu aki marcando presença..nem sei pq...
acho q gosto dessas tuas extranhas loucuras...(não vá levar a mal)...
gotei desse...teus temas sçao bem diferentes uns dos outros..isso torna mais interessante!!;D..ah e ´da proxima vez num esquece de avisar...
até!